Terça-feira, 30 de Julho de 2013
Quem disse que os patos não têm umas pernas jeitosas?



publicado por Marta às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Monet revisited



publicado por Marta às 21:09
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 29 de Julho de 2013
Os pequenos grandes detalhes

 

Hoje deu-me para pensar sobre os pequenos detalhes que fazem TODA a diferença. E porquê?

 

Denunciam grandes significados;

 

Demonstram grandes virtudes;

 

Marcam a diferença;

 

Descrevem as pessoas;

 

Exigem sensibilidade e poder de observação;

 

Formam grandes coisas;

 

Permitem grandes descobertas;

 

Despertam bons sentimentos;

 

Dão respostas;

 

Ficam na memória;

 

São a linguagem de Deus;

 

Unem as pessoas;

 

Fazem o nosso coração vibrar;

 

Ajudam a construir um mundo melhor;

 

Abrem caminho para a esperança;

 

Acho que a felicidade reside aqui, nos pequenos pormenores, para quem os saiba detetar e apreciar. Embora pequenos, os seus efeitos são infindáveis...

 

MVZ



publicado por Marta às 21:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Sábado, 27 de Julho de 2013
Entender mais pelo Sentir do que pela Razão

Uma verdade só o é quando sentida - não quando apenas entendida. Ficamos gratos a quem no-la demonstra para nos justificarmos como humanos perante os outros homens e entre eles nós mesmos. Mas a força dessa verdade está na força irrecusável com que nos afirmamos quem somos antes de sabermos porquê. 

 

Decerto uma ideia que nos semeiem pode germinar e por isso as ideias é necessário que no-las semeiem. Mas a sua fertilidade não está na nossa mão ou na estrita qualidade da ideia semeada, porque o que somos profundamente só se altera quando isso que somos o quer - e não quando nós o deliberamos. Assim nasce um desencontro quantas vezes entre a mecânica dos nossos raciocínios e a verdade que em nós já é morta por estes.

 

Tudo quanto é da vida, e dos outros, e dos mil acontecimentos que quisermos, só existe eficaz e real quando se abre em evidência na profundidade de nós. Como aceitar assim a força da razão, se a força dela está onde ela não está?

 

 

Vergílio Ferreira, in 'Invocação ao Meu Corpo'



publicado por Marta às 22:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.posts recentes

. Nos 120 anos do nasciment...

. Os toureiros também rezam

. Praça Afonso de Albuquerq...

. Os Campinos a agruardar o...

. Capa de Mário Coelho

. Capa de Mário Coelho

. À espera da homenagem a F...

. A tradição manda!

. Duas crianças recriam a t...

. O cortejo com a Praça de ...

.arquivos

. Julho 2015

. Outubro 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

.tags

. todas as tags

.Copyright
Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
.subscrever feeds