Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011
Love and the butterfly (ler abaixo)

 

Love is like a butterfly
never here nor there
high or low
not really watching where to go.

A first love is like a butterfly
hatching out of a cocoon
we are amazed by the beauty
of this new feeling.

True love is like a butterfly
spreading its wings
and starting towards the sky
knowing that they want to have this forever.

Loosing love is like a butterfly
laying its eggs then flying away to die
leaving them in this big world all alone
knowing nothing familiar only home.

Wanting for love is like a butterfly
still as a caterpillar
wanting those wings
to be just like his friends.

Love is like a butterfly
Trying to spread its wings and fly
Love is like a butterfly
It can stay or it can die.

 

lizzy Sydney

 



publicado por Marta às 11:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Conversations with God (ler abaixo)

 

If god is nature
Or encompasses nature
Or created nature
Then one must use nature
To converse with god
Dancing with butterflies
And listening to seashells
And burning bushes



publicado por Marta às 11:09
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 12 de Julho de 2011
Dançar com a Vida

É preciso ter ritmo ao acordar,

É preciso ter ritmo a trabalhar,

É preciso ter ritmo a rir,

É preciso ter ritmo a chorar.

 

É preciso ter ritmo a dançar,

É preciso ter ritmo a descansar,

É preciso ter ritmo a dormir,

É preciso ter ritmo a sonhar.

 

É preciso ter ritmo a respirar,

É preciso ter ritmo a andar,

É preciso ter ritmo a correr,

É preciso ter ritmo ao parar.

 

É preciso ter ritmo…



publicado por Marta às 12:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 30 de Junho de 2011
My Sunset



I close my eyes and I can vision my sunset laid across the water with clouds gently placed on top. The yellow is so bright that it consumes my thoughts I fall deeper into the colors of the sun so that I could touch the orange glow, what a soft feeling, my sunset.

My sunset takes me to another place and time where there will be no problem to tall to overcome. This vision is imbedded in my mind it is like a river running free a clear thought on a sunny day and it ends with my sunset and me.

My sunset frees my thoughts from confusion it leads me to believe that I am on top of the world, setting me free to score over the waters of my mind.

My sunset places me in a part of heaven where the day comes to an end with the beauty of my sunset.

Kimbaline Navas (she who waits)



publicado por Marta às 20:30
link do post | comentar | adicionar aos favoritos


.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.posts recentes

. Love and the butterfly (l...

. Conversations with God (l...

. Dançar com a Vida

. My Sunset

.arquivos

. Julho 2015

. Outubro 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

.tags

. todas as tags

.Copyright
Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
.subscrever feeds